30.10.07

menina lebre, aqui vai



Ele não a queria por perto - tão simples como isso.

Paul Auster, A noite do óraculo (5ª linha, página 161)

passo a tarefa a ana, menina limão, saturnine e awake.
regulamento direitinho aqui.

6 comentários:

menina limão disse...

epa, está toda a gente a corromper o regulamento! é a 5ª frase completa da página 161 do primeiro livro com que se depararem, aleatoriamente, ou seja, pode não ser o que andas a ler.

eu fiz um post no meninas e moças, a seguir a esse, com o regulamento direitinho. tss, tss.

menina limão disse...

a ana é a tua mana?

menina tóxica disse...

eu transcrevi a 5ª frase completa :p mas realmente não do primeiro que apareceu. mas cabe a ti limona, corrigir isso na tua resposta entãO :DDD

a ana não é minha mana a sério :p é mana do meu polvo por afinidade cefalopodiana (ele conhece os primórdios da polva).

:)))

menina tóxica disse...

ok, estás automaticamente excluída da tarefa. já vi o teu no meninas : )))

awake disse...

o que dá a blogo-preguicite aguda.... só agora vi a "tarefa"....!
mil desculpas pelo atraso.
deixa-me ir só pegar num livro.
.
.
.
já peguei :)

bom, a 5ª linha é o fim de uma frase. em rigor, tem metade de uma palavra e um advérbio de modo:

"mos, obviamente..."

acho melhor pôr a frase inteira, não concordas? é que isto assim não é frase coisa nenhuma!!!!! :)
desrespeitando um nico o regulamento, mas em nome do sentido aqui vai inteira:

- Bem, Francisco, depende de com quem nos casamos, obviamente..."

Rio das Flores, Miguel Sousa Tavares

menina tóxica disse...

sua preguiçosaaa :p

era mesmo a frase completa, por isso acho que está bem :)