15.10.08

Photobucket

Tu tens um medo:
Acabar.
Não vês que acabas todo o dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo o dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.

E então serás eterno.

Cecília Meireles

Imagem: LifeSaverSheep

6 comentários:

Susana Miguel disse...

eu já conhecia este texto de Cecília Meireles e gosto assim do muito muito dele.obrigada pela partilha. hoje recebi-o como se fosse um mimo e soube mesmo bem;)

beijinhos.

ivan disse...

há coisas que parece que são escritas para nós, em função do dia que acaba.

menina tóxica disse...

susana miguel, são assim, os miminhos de polva ^^ é como ir ali a tua casa, venho carregadinha de mimos ;)
beijinhos*

ivan, nem mais.

diana disse...

Acho que todos temos medo de acabar.

Ana disse...

Bolas... tão lindo!

menina tóxica disse...

diana, bem verdade*

ana :)