28.12.08

Photobucket

Photobucket

Sinto-me como se vivesse dentro de uma nuvem. Branca. Fecho os olhos e deixo-me arrastar. Pelo vento.

É imprevisível o destino de uma nuvem. Pode dar várias vezes a volta ao globo. Ou desfazer-se de encontro à montanha mais próxima. Mas isso em nada parece afectá-las. Afectar-me.

Vivo dentro de uma nuvem. Cujo destino é vaguear. E cujos limites é não haver limites.

Jorge Sousa Braga
Imagem: Lina Scheynius

5 comentários:

LC disse...

lindas imagens!
votos de um excelente 2009 e... bons posts!

diana disse...

Este texto e imagens têm uma boa mensagem para 2009. Ser feliz sem limites, como se vivessemos dentro de uma nuvem a vaguear.

menina tóxica disse...

LC, obrigada e um excelente 2009 para ti! :)

diana :))

Ana disse...

Menina polva podia enviar-me o enderço dessa nuvem para colocar no google maps?


Penso que vou mudar-me para lá sem regresso previsto.

menina tóxica disse...

ana, deve haver uma para alugar ao lado da minha. está um pouco fria agora, por causa da neve, mas boazinha.
procura lá:

vale das polvas
rua dos cefalópodes nº4,
4444-444 polvolândia.